Começando do começo...

Não tem como começar um blog sobre vida de mamãe se não começar com o início dela.
Pois mãe a gente vira no momento que descobre. Tudo muda, as pessoas te olham diferente, tu começas a comer diferente e ter cuidados absurdos. 
Sabe aquela historinha que sempre te contam?! "Eu senti que estava grávida." Pra mim isso foi história, não aconteceu comigo!!! Então não se sinta frustrada se não aconteceu com você também. Na verdade, eu tinha certeza de que não estava. Não passava pela minha cabeça que estivesse grávida, até a minha menstruação atrasar. E mesmo com ela atrasada eu jurava que não estava.
Pois o meu início de pensar em engravidar foi assim... 
Eu sempre quis, mas queria na hora certa, aí antes de eu ficar encucada querendo engravidar fiz todos os meus exames. Só pra ver que se no dia que eu quisesse estaria tudo OK! Fiz, deu tudo certinho e vida que segue. 
Em 2011 era a minha formatura da faculdade e eu queria entrar no vestido dos sonhos, então corri pra academia, e notei que a pílula anticoncepcional fazia com que eu inchasse e não emagrecesse, então... TCHAU PÍLULA! Tudo certinho, emagreci, formatura... E começamos a pensar no baby. Como eu via todo mundo tentando engravidar e demorando, pensei logo em deixar o barco correr e não me estressar, já que achava que engravidaria só no outro ano. Mas que nada, logo na primeira ou segunda tentativa, puff, engravidei. Super rápido e sem drama, coisa que sempre pedi, pois sou a pessoa mais angustiada da face da terra.
Só que como eu disse, nem imaginava que tivesse engravidado, pois eu menstruei logo que engravidei. E não foi aquela história que contam "só um pouquinho, borrinha de café...", não, foi menstruação normal. Menstruei, não tô grávida e farra que segue... Comemoramos nosso aniversário de casamento em Natal (pois na época estava morando em Olinda, marido militar, sabe como é?! Cada dia num canto), fui pra formatura das amigas, aniversário de amiga e fiz a farra. E na semana depois do aniversário de uma amiga minha menstruação atrasa. Mas eu tinha todos os sintomas de que ia menstruar, seios inchados, pequenas cólicas. Mas na quinta-feira acordo enjoada e minha diarista me solta "tá grávida, não, Sabrina?" (sotaque bem carregado de pernambucana). E eu "Claro que não! Tô perto de menstruar e ontem coloquei remédio pra otite da Charlotte e era muito forte, acho que é isso" (Charlotte é a minha cachorrinha). Só que pintou aquela dúvida, na mesma hora eu lembrei que a menstruação tava atrasada. 
Falei com o marido, mas eu mesma disse pra esperarmos qualquer teste até domingo e ele concordou, mas naquele medo. Na sexta, dia 16 de setembro, resolvemos comer uma coisinha em casa à noite e o Daniel (vulgo, meu marido) ia sair pra comprar e resolveu perguntar "não quer que eu compre o teste?". Comprou e ele era todo bonitinho, até brinquei se era pra guardar no álbum do bebê. kkkkk E isso tudo eu jurando que não estava e que só tínhamos jogado dinheiro fora comprando o teste. 
Pois peguei o teste, li a bula, e fiz naquela hora mesmo. Dizia no teste que tinha de esperar 5 minutos para que desse o resultado, o meu deu em 5 segundos. Fiquei com aquela cara de que não estava acreditando e de que estava muito feliz. É a mistura de sentimentos mais doida que uma pessoa pode ter. Depois de um tempo raciocinando, começo a gritar como uma louca "Dani, Dani, Dani!" Ele entra no banheiro olha o teste e eu grito "DOIS TRACINHOS, DOIS TRACINHOS!!!" E ele me olha com cara de interrogação "o que são dois tracinhos?" Séeeerio, mesmo com toda essa gritaria minha ainda tive que explicar que "VAMOS TER UM BEBÊ!!!!!!!!" Choradeira no banheiro, minutos tentando raciocinar quanto tempo, como assim, ai meu Deus. E ligar para a família. Pois eu não tenho condições psicológicas de esperar qualquer coisa pra contar pra minha mãe. 
Mas o papai disse que só podia ter total certeza com o exame positivo de sangue, mesmo com a família falando deu positivo é positivo, e lá fomos nós no outro dia, um sábado, fazer o exame. Isso pela manhã e o resultado só sairia na longínqua 5 horas da tarde. Tínhamos um aniversário com a galera da faculdade e na mesma hora a galera já começa a estranhar, eu não bebendo e zero de vontade de comer doces. Hummmm Bateu 5h, beijo, tchau galera, pois queríamos ver o resultado em casa e não pelo celular. E lá estava ele "POSITIVO". Choro, gritaria, e assim me tornei mamãe!
teste de gravidez
Super positivo
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Testando os comentários, já que houve reclamação de não conseguir postar.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Sabrina! To acompanhando aqui, em breve vou começar a me preparar para ser mãe também! Muito legal seu relato, me emocionou! Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então te gruda aqui, pois vou trazer bastante informações pra quem está pensando. Bjss

      Excluir
  3. Que lindo!!! :))))

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...