Minha filha tem um melhor amigo

criança não namora

Minha filha tem um melhor amigo!
Sempre achei que quando esse dia chegasse seria super bacana e ele foi, mas também vimos alguns preconceitos e estranhezas. 
A Maria Luísa é uma criança muito alegre e ama todos os coleguinhas da escola, mas tem um, em especial, que ela tem uma amizade maior, o Rafa. Sim, um menino!
Quando começamos a notar que a Maria Luísa era muito mais amiga do Rafa do que das meninas, achamos muito legal, pois sabemos que o "normal" é que as meninas e meninos fiquem em um grupos separados. Mas a turma da Malu tem essa peculiaridade, os meninos e as meninas brincam juntos, os meninos amam brincar de casinha e as meninas também adoram brincar de carrinho e isso faz com que eles sejam muito mais conectados, então não é incomum ver as meninas terem como seus melhores amigos um menino e vice versa. 
E assim começou a amizade dela e do Rafa...
Com a amizade deles aumentando, também aumentou a nossa amizade com os pais dele e assim foi fácil deixar a Maria Luísa dormir na casa do amigo quando necessitamos por causa de um compromisso de trabalho. Vou dizer que não foi algo fácil pra mim, mas não por ele ser um menino, e sim por ver a minha filha tão pequena ir dormir na casa de outra pessoa. Para nós a única preocupação era essa, mas ao contarmos para outras pessoas que ela tinha ido dormir na casa de UM coleguinha, muitos acharam muito estranho dizendo "mas ele é menino, não é?" Sim, é! E daí?

criança não namora
Quando o Rafa dormiu aqui em casa. Foto arquivo pessoal.

As pessoas tem a mania de já erotizar algo que para as crianças são apenas crianças, elas não tem ainda aquela divisão meninas e meninos e nem pensam em nada mais do que brincar com o amiguinho. Isso que nem entrarei no mérito que já se achar que não existe amizade entre homem e mulher. 
A amizade dos dois começou no meio de 2015 quando o Rafa entrou na escola e aumentou muito o ano passado, quando a Malu dormiu na casa dele e depois ele dormiu na nossa. Só que este ano as coisas mudaram um pouco, como eles são muito grudados, começaram a se referir a eles como "namorados", isso chateou tanto a gente quanto aos pais dele, pois só vemos os dois como grandes amigos e não como namorados, já que eles são crianças.

criança não namora
Malu com o Rafa e a irmãzinha dele que ela é apaixonada

Começamos a perceber isso quando a Maria Luísa chegou em casa e na hora do jantar comentou que uma amiguinha disse que eles eram namorados. Ela falou que ficou muito triste, pois eles não são namorados, ela é amiga do Rafa, muuuito amiga (palavras dela). O Rafa, inclusive, a chama de minha parceira, onde mostra muito o laço de amizade deles e total inocência na relação. 

amizade entre crianças
Não podia deixar essa foto fora. Ela trata a mana do Rafa como sua irmã. 

Isso aconteceu não por maldade da colega e sim por ela já ter uma irmã mais velha que já fala disso em casa. As crianças nessa idade agem muito por influência e os irmãos mais velhos são um pouco de ídolos delas e por isso a colega agiu dessa forma. 
Minha preocupação e o meu papo com vocês é exatamente a partir daí, o quanto podemos mal influenciar os nossos filhos. Tanto eu e o meu marido quanto os pais do Rafa achamos muito legal e saudável a amizade deles, gostamos de como eles são muito amigos e gostam muito um do outro e nos deixa um tanto quanto preocupados que a influência externa possa prejudicar algo tão doce e ingênuo. Sabemos que cabe a nós pais e responsáveis conversar com as crianças, caso o assunto chegue, e explicar que só quem namora é adulto. A Malu, inclusive, já tem isso na ponta da língua e fala para quem perguntar. Sim, a partir disso já houve esse papo por aqui e deixamos bem claro que criança brinca e que depois de adulto é que se namora, sem rolar aquele tom de proibição e sim uma conversa tranquila onde ela entendeu, no auge dos seus 5 anos, que isso não é coisa de criança.
Um dia "andando" pela internet me deparei com uma campanha encabeçada pelo Governo do Estado do Amazonas sendo replicada várias vezes chamada "Criança não namora, nem de brincadeira", que tem parceria do blog "Quartinho da Dany" - '#CriançaNãoNamora é uma campanha da Sociedade de Psicólogos e Conselhos Tutelares, com o objetivo de conscientizar pais e responsáveis sobre relacionamentos infantis. O nome da relação entre crianças se chama: Amizade. Insistir em namoro na infância é adultizar as crianças e incentivar a erotização precoce. Criança tem que ser criança. Infância precisa de proteção e diversão.' Tu encontras um pouco mais sobre o assunto no site da Revista Crescer.

amizade entre crianças

Achei perfeita, pois é exatamente isso que estamos passando agora, nós queremos deixar nossos filhos na inocência deles. Eles estão se descobrindo como pessoa e nesse momento eles só querem é brincar com o colega e não namorar, pois eles nem tem qualquer tipo de compreensão sobre isso. A Maria Luísa ter um menino como melhor amigo não é um bicho de sete cabeças, mostra que os dois tem mais afinidades entre eles do que com outros colegas, apenas isso. 
Respeitar que os dois sejam apenas amigos, que é o que se espera na idade deles, é respeitar o direito deles serem crianças e aproveitarem a infância da melhor maneira possível. 

Outros blogs também falam sobre isso: Baú de Menino.


Mulher-Maravilha | Filme

crítica filme mulher-maravilha

Mulher-Maravilha, chegou ontem aos cinemas, e eu tive o prazer de o ver em primeira mão.
O filme é tão bom que eu tinha que escrever sobre ele no blog. 
Adoro filmes de quadrinhos, quem me acompanha pelo instagram (@mamaeemconstrucao, segue lá), sabe que eu amo todos esses filmes e sempre corro para o cinema para ver. Mas o mais doido, eu não leio tantos quadrinhos quanto gostaria e por isso a minha crítica sobre o filme não vem com muitas referências externas. 
Mas a Mulher-Maravilha é a Mulher-Maravilha, eu não sei qual menina na face da terra não a adora. Meu amor por ela é de anos e minha maior tristeza é que nunca tive coragem de usar uma fantasia dela. Tá bom, deixa quieto, o assunto é o filme.
Quem viu Batman vs Superman: A origem da Justiça,  deve ter ficado ansioso para ver o filme da Mulher-Maravilha, porque naquele tivemos sua primeira aparição, onde ela rouba a cena e arrasa completamente!
Como eu já disse, a Mulher-Maravilha é o que toda menina gostaria de ser, ela é o símbolo do empoderamento feminino, e por isso ela é tão especial. Ela traz o toque leve, inteligente e forte da mulher.

Mulher-Maravilha

A protagonista é interpretada por Gal Gadot, que já foi vista nos filmes Velozes e Furiosos 4 e 6, e ela se encaixou muito bem ao papel, nunca tínhamos visto alguém tão bem para um papel dos quadrinhos da DC. 
E a sensação que tive ao ver Batman vs Superman é a mesma vendo o filme da Wonder Woman, ela é muito melhor que os dois super heróis juntos. Ela consegue segurar muito mais o filme e tu ficas muito mais preso a todos os acontecimentos. 
Mesmo sendo um filme longo, não tem cansaço, acho que apenas poucas cenas poderiam ter sido cortadas, mas nada tão arrastado como a briga interminável do Batman e do Superman. Briga essa que em 1 segundo poderia ter sido resolvida. 
O filme nos leva à origem da pequena Diana, encantada com todos os feitos das amazonas de Themyscira, criada pela mãe Hipólita, que guarda alguns segredos para proteger a filha de Ares, o deus da guerra. A menina se mostra, desde pequena, decidida a aprender a ser uma guerreira e assim conta com as habilidades e ensinamentos da tia Antíope para se tornar, o que conheceremos mais tarde, a Mulher-Maravilha.
Temos então a chegada de Steve Trevor, um piloto americano que cai com seu avião nas areias da costa (no desenrolar da história temos uma outra explicação, mas não vou dar spoiler) que é o personagem que a leva para a Primeira Guerra Mundial, fato que temos referência lá em Batman vs Superman. 
E exatamente nesse momento vemos o contraste de uma mulher guerreira e empoderada chegando em uma sociedade super conservadora.
O filme tem sua parte romântica e momentos engraçados muito bem entrelaçados, não ficam perdidos no contexto do filme. E isso sempre me chama atenção, não suporto piadinhas sem nexo só para tirar leves e forçadas risadas do público, humor bem inteligente como normalmente encontramos nos filmes de quadrinhos.
Até que chegamos nos vilões da história Dra. Veneno e o General Ludendorff. As cenas de ação são bacanas, alguns momentos meio exagerados não refletindo tanto o contexto histórico, também vemos um tempo a mais do que os confrontos poderiam durar, mas nada como Batman vs Superman (sério, fiquei de cara com aquele meu tempo perdido). Mas mesmo assim nada que perdesse o ritmo do filme e não te deixasse com gostinho de quero mais filmes da Mulher-Maravilha para ontem.
E aquela ajudinha básica no seu bolso, definitivamente não gaste seu rico dinheirinho para ver uma sessão 3D. Vi o filme em 3D na cabine de imprensa, mas não teve qualquer cena, pra mim, que justificasse. Ver em 2D não tirará o brilho do filme.

Crítica Mulher-Maravilha

Então, corra para o cinema, pois Mulher-Maravilha já está em todos os cinemas do Brasil!!!

O dia que viramos princesas | Ensaio Fotográfico

ensaio fotográfico mãe e filha

O dia que viramos princesas...
No mundo que estamos vivendo isso pode ser um tanto bobo, é querer sempre que as meninas sejam princesinhas esperando ser salvas pelo seu príncipe encantado, NÃO!!! 
Sim, eu acho que algumas princesas podem ser um pouco bobas, mas algumas nos mostram o quanto são fortes, o quanto são donas do seu nariz, o quanto podem buscar o que desejam e que elas podem ser o que quiserem. 
E por isso embarquei na fantasia da minha filha, literalmente.
A Bela, como vocês já sabem, é a princesa que mais gostamos e sempre gosto de mostrar para a Maria Luísa que é ela quem salva a Fera. No filme A Bela e a Fera, é o príncipe que está perdido e a força da Bela em salvar o pai que faz com que eles se encontrem. É o amor pela leitura dela que faz com que ela o veja não pela beleza física, mas pelo seu interior, por ele também gostar de ler e assim a fazendo se encantar. 
E por isso, no dia do aniversário da Maria Luísa, fizemos uma pequena sessão de fotos no Stylicatto Prime. Onde toda a equipe foi um amor, ainda mais que foi a primeira vez que a Maria Luísa se arrumava em um salão de beleza. 
Então foi quase um Bibbidi Bobbidi Boutique que tem na Disney onde transformam as meninas em princesas. E a Maria Luísa ficou encantada.
Imaginem, ela ficou uma princesa de verdade.

Cabelo: Lucas Cosme. 
Maquiagem: Cris Ferreira.
Meu vestido é do acervo do Lucas / Stylicatto Prime, que foi usado no desfile do Mostra Noivas.
Vestido da Malu: Criança no Palco.


Chegamos e já tinha uma menininha super ansiosa pelo seu dia. Nossa chegada foi recepcionada pelo Lucas que nos mimou muito, principalmente, a dona Malu. Viraram melhores amigos.

dia de meninas
Arquivo pessoal

dia de meninas
Será que tinha gente feliz?! | Arquivo pessoal

Arrumando o cabelo, acho que essa já era a milésima vez que o Lucas ajeitava o cabelo dessa princesa moleca.

o dia que viramos princesas

tal mãe tal filha princesas
Quem aguenta essa pessoa?
A Maria Luísa fez uma maquiagem, mas o Cris fez super leve, priorizou o batom e alguns brilhinhos nos olhos. Mais para efeito dela se ver no espelho do que para constar como maquiagem.

princesa Bela

Bela adulta

Como não se encantar com a minha princesa toda linda?!
E o que ela mais gostou é que eu estava de cabelo cacheado como ela.


princesas

ensaio fotográfico

ensaio fotográfico princesas

o dia que viramos princesas

A Bela e a Fera

A Equipe da Stylicatto Prime arrasou na nossa produção, Lucas e Cris foram uns amores e nós amamos esse lindo espaço deles.
A produção durou toda noite e morri de pena de ter que desmanchar no final dela. 

tal mãe tal filha

mãe e filha princesas

E para constar, eu não fui de princesa para festa, mesmo tendo me encantado com esse vestido, pois a estrela da festa era a Malu e ela era a Bela.
Mas que deu vontade de trazer o vestido pra casa, isso deu.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...